Agências da Caixa têm filas no 1ª dia de saque do FGTS no Sul de Minas

A sexta-feira (10) começou com fila e muita movimentação nas agências da Caixa Econômica Federal do Sul de Minas. O atendimento ao público teve início mais cedo, às 8h, para atender quem tem direito a sacar dinheiro de contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Em Minas Gerais, a Caixa Econômica Federal calcula que R$ 524.231.454,94 vão ser injetados na economia apenas com os saques de trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro.

Em Pouso Alegre, a fila era grande na agência localizada na Praça Senador Eduardo Amaral, no Centro. Por volta das 8h30, pelo menos 100 pessoas esperavam atendimento, na unidade que é a principal do banco na cidade. No entanto, os clientes relataram não terem encontrado dificuldade para faze consultas ou retirar dinheiro.

Fila, Caixa Econômica Federal, FGTS, Pouso Alegre (Foto: Daniela Ayres/G1)
Em Pouso Alegre, pelo menos 100 pessoas estava na fila às 8h30 desta sexta-feira (10) (Foto: Daniela Ayres/G1)

“Acabei de chagar e já saquei”, disse Nardine Martins Dias, de 21 anos, logo na saída da agência. Ela fez a consulta em casa e descobriu que poderia contar com cerca de R$ 900 a mais no orçamento deste mês. Vai tudo para cuidar de Roger Daniel, o filho que ela espera para abril. “Estou de oito meses, então esse dinheiro veio em boa hora. Vai tudo para ele”, garante.

Já Patrícia Aparecida de Oliveira, de 31 anos, só ficou sabendo na boca do caixa quanto de FGTS estava disponível para ela. “Vou investir”, afirmou, sem mencionar valores.

Daniele vai usar o dinheiro do FGTS para pagar contas e cuidar do pequeno Miguel e dos dois outros filhos (Foto: Régis Melo)
Daniele vai usar o dinheiro do FGTS para pagar contas e cuidar do pequeno Miguel e dos dois outros filhos (Foto: Régis Melo)

Movimento desde às 5h
Em Varginha, o dia também começou com muitas filas. Segundo um dos funcionários da Caixa, os moradores começaram a chegar por volta de 5h. Às 8h, quando a agência abriu, os contribuintes se dividiram entre os caixas eletrônicos e as filas para atendimento presencial, para quem não tinha cartão ou precisava criar uma senha.

A autônoma Luciana de Paula Mozer saiu de Três Corações para tentar sacar em Varginha. Ela contou que conferiu o saldo e a disponibilidade antes, mas como precisava resolver outras pendências na cidade, aproveitou para já ir à agência. “Agora vou investir, pagar alguma coisa”, explicou.

Luciana saiu de Três Corações logo cedo para tentar sacar o FGTS em Varginha (Foto: Régis Melo)
Luciana saiu de Três Corações logo cedo para tentar sacar o FGTS em Varginha (Foto: Régis Melo)

Já a dona de casa Daniele de Cássia Gonçalves Suzano estava acompanhando o marido. Foi ela quem conferiu o saldo disponível do FGTS inativo. “Eu baixei o aplicativo no celular e já fiz a pesquisa. A gente sabe como está, agora vamos ver se vai dar pra sacar tudo certinho”, disse.

Daniele estava também com o pequeno Miguel, que vai completar um ano, e tem outros dois filhos, de 16 e 17 anos. O dinheiro ela já sabe para onde vai. “A gente assusta um pouquinho com a fila, mas está fluindo bem, está bem rápido. Vamos pagar as contas. É escola, os documentos do carro. A gente precisa saldar essas dívidas. Gasta muito. Vai para farmácia, leite, fralda, o vestuário deles.”

Caixa Econômica Federal, Poços de Caldas, FGTS (Foto: Lara Cristina/G1)
Filas também foram registradas na agência da Caixa Econômica Federal em Poços de Caldas, MG (Foto: Lara Cristina/G1)

Poços de Caldas
Mas alguns trabalhadores ainda estão com problemas na hora do saque. Em Poços de Caldas, Manuel Junior da Silva, de 30 anos, deveria retirar o dinehrio nesta sexta-feira, já que fez aniversário em janeiro. “Fui tentar, mas não deu”, contou ele, que consultou antes e descobriu que possuía renda em conta inativa do FGTS.

Já Claudio Donizete Machado, de 59 anos, não teve nenhuma dificuldade. Às 8h45, ele já tinha retirado R$ 2.520. “Meu filho já tinha consultado o valor que tenho direito a receber e em cerca de sete minutos eu fiz todo o processo no caixa eletrônico”.

Manuel foi à agência em Poços de Caldas, mas não conseguiu sacar o FGTS (Foto: Lara Cristina/G1)
Manuel foi à agência em Poços de Caldas, mas não conseguiu sacar o FGTS (Foto: Lara Cristina/G1)

Depósito em conta
Pelo menos 1,6 milhão trabalhadores em todo o país receberão automaticamente o crédito das contas inativas em suas contas nesta sexta-feira (10). É o caso do Bruno Figueiredo, de 30 anos, que foi ao banco sem a preocupação de sacar o FGST.

“Tenho poupança nominal na Caixa, por isso o meu vai cair direto. Até o momento ainda não recebi o dinheiro, mas acredito que até o final do dia ele vai estar lá”, disse.

Fonte: G1 Sul de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *