Tiago Mitraud é indicado como membro da Comissão Especial da Previdência

Na manhã desta quinta-feira (25), o deputado federal Tiago Mitraud (NOVO-MG) foi confirmado como membro suplente da Comissão Especial da Previdência Social. Ao todo, o Partido NOVO conseguiu indicar quatro parlamentares para a comissão criada para debater a PEC 006/2019, entregue à Câmara dos Deputados pelo Governo Federal em fevereiro deste ano.

Para Mitraud, estar na comissão é uma oportunidade de contribuir com políticas públicas que acredita serem fundamentais para o futuro do país. “Tenho defendido a necessidade da reforma da Previdência desde a minha campanha, pois sei da urgência em reestruturarmos esse sistema que hoje é insustentável e acumula um déficit previsto para a casa dos R$ 300 bilhões, apenas em 2019”. Para ele, é preciso fazer uma transformação ampla da Previdência Social: “na ponta do lápis, percebemos que o sistema atual privilegia os mais ricos, entregando a eles fatias maiores dos recursos e mantendo regimes especiais. Isso precisa mudar”, explica o deputado.

Na Comissão Especial, a previsão é de que os parlamentares discutam o mérito da PEC, ou seja, o conteúdo do texto. Os deputados poderão entregar emendas para modificar a proposta durante as primeiras dez sessões. Mitraud explica que, apesar de acreditar que a atual proposta já contempla pontos importantes, ele defende que é possível aprimorar o texto: “é preciso eliminar a previdência especial para parlamentares já nessa legislatura, por exemplo”.

A princípio, o NOVO possuía apenas duas vagas na Comissão Especial. Após realizar acordo com o PMN, o partido conseguiu expandir para quatro vagas, passando a ter dois parlamentares titulares e dois suplentes. Foram indicados como titulares na comissão os deputados Vinícius Poit (SP) – de quem Mitraud é suplente – e Paulo Ganime (SP), e como suplentes Adriana Ventura (SP) e Tiago Mitraud (MG).

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *