Romeu Zema participa do aniversário de 108 anos do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais

Governador Romeu Zema participa das Comemorações de 108 anos do Corpo de Bombeiros de MG.

O governador Romeu Zema participou nesta sexta-feira (30), em Belo Horizonte, da cerimônia em comemoração aos 108 anos do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais. Além da entrega da medalha do Mérito Profissional a cem militares por sua atuação na corporação, a cerimônia também contou com homenagem aos bombeiros de outros estados que atuaram nas atividades de busca e salvamento em Brumadinho, após o rompimento da barragem, em janeiro deste ano.

Representantes dos Corpos de Bombeiros Militar do Ceará, Alagoas, Sergipe, Goiás, Paraná, Paraíba e Distrito Federal receberam a Ordem do Mérito Imperador Dom Pedro II, a mais alta honraria da corporação.

Em discurso, Romeu Zema destacou o trabalho dos militares após o rompimento da barragem em Brumadinho e também em Moçambique, para onde foram enviados neste ano bombeiros mineiros para apoiar vítimas em decorrência dos danos causados pelos ciclones Idai e Kenneth.

“Para mim, é uma honra ser governador de um Estado que tem no Corpo de Bombeiros essa instituição tão admirada. E, como disse aqui o comandante Edgard Estevo, participou da maior operação de resgate do Brasil, de uma barragem rompida, e ainda em Moçambique. Só tenho a agradecer a todos que arriscaram a vida, que se ausentaram de suas famílias, que fizeram tudo que estava ao seu alcance. O Corpo de Bombeiros realmente merece o nosso reconhecimento”, afirmou.

O governador ressaltou os esforços de sua gestão, em parceria com os demais Poderes, para superar as dificuldades financeiras enfrentadas pelo Estado e voltou a pontuar a necessidade de implementação de novas regras para a aposentadoria no país.

“Neste mês de setembro vamos ter a oportunidade de enviarmos à Assembleia as reformas que o Estado tanto precisa. Reformas que vão possibilitar, no médio e longo prazo, o equilíbrio das contas públicas. Nenhum ente, seja privado ou público, consegue se viabilizar gastando mais do que ganha. E o Estado de Minas hoje, infelizmente, está entre os mais endividados do país”, declarou, citando a votação da Reforma da Previdência “como urgente”.

Romeu Zema reforçou o papel da Assembleia para apoiar as reformas que ajudarão a resgatar as contas mineiras. “Câmara e o Senado votaram, viram a necessidade, e eu tenho certeza que a nossa Assembleia irá analisar com maior critério, dar sugestões para as mudanças que também vão resgatar Minas Gerais. Estou confiante”, concluiu.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiro Militar de Minas, coronel Edgard Estevo, salientou a cooperação dos outros Estados e a bravura dos militares no trabalho de salvamento em Brumadinho.

“Foi um desastre que abalou o Brasil e impôs a necessidade da maior operação de buscas do país. Nossos militares se doaram em prol de cada uma das vítimas, e transformaram a operação em um evento reconhecido pelos brasileiros como exemplo de solidariedade e heroísmo. Enquanto organização, fomos profundamente impactados pelo irrestrito apoio das coirmãs e, como forma de materializar nossa gratidão, outorgamos a medalha Dom Pedro II aos Corpos de Bombeiros do Ceará, Distrito Federal, Alagoas, Sergipe, Goiás, Paraná e Paraíba”, disse.

“Sabermos que as adversidades são muitas, é preciso reconhecer que houve avanços e que, da parte deste comando, todos os esforços possíveis estão sendo empenhados para fazer crescer essa corporação”, finalizou.

Fonte: SEGOV / Foto: Renato Cobucci / Imprensa-MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *