Reitoria nega pedido de adiamento do vestibular 2017 da Uerj

Professores da Uerj estão em paralisação (14) (Foto: Divulgação/Sintuperj)
Professores da Uerj estão em paralisação (14) (Foto: Divulgação/Sintuperj)

A Reitoria da Uerj negou o pedido dos professores para que o vestibular 2017 da universidade seja adiado. As informações são do RJTV desta quinta-feira (12).

O pedido para adiamento aconteceu depois de assembleia dos professores da Uerj realizada nesta quarta-feira (11), manter a greve, iniciada há mais de dois meses. Os docentes pretendem, ainda, suspender o atual calendário acadêmico e adiar o vestibular 2017.

De acordo com a Associação dos Docentes da Uerj (Asduerj), os professores decidiram requerer a convocação imediata do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Csepe) para votar o indicativo de adiamento do vestibular 2017, além da suspensão do atual calendário acadêmico.

Também ficou decido na assembleia a convocação extraordinária do Conselho Universitário (Consun) para debater a situação dos funcionários terceirizados.

Uma nova assembleia dos professores da Uerj está agendada para o dia 17 de maio.

A greve na Uerj teve início no dia 7 de março. Entre as reivindicações dos professores, estão ajuste salarial e melhorias nas condições de trabalho.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.