Rede de notícias CNN licencia marca e terá canal no Brasil

A rede de notícias americana CNN International Commercial (CNNIC) fechou acordo com um grupo de mídia brasileiro para licenciar sua marca no Brasil.
A CNN Brasil será programada e operada por um grupo liderado pelo jornalista Douglas Tavolaro, que deixa a vice-presidência de jornalismo do Grupo Record, e pelo empresário Rubens Menin, fundador da MRV Engenharia, maior construtora do país.
O acordo de licenciamento com a CNNIC abrange o acesso a certas propriedades do grupo, incluindo conteúdo da CNN International. A empresa brasileira não informou o prazo do acordo de licenciamento.
O canal de notícias multiplataforma brasileiro estará disponível para assinantes da TV paga como um canal em tempo integral e também diretamente para os consumidores por meio de plataformas digitais.
Tavolaro atuará como presidente-executivo da CNN Brasil, e Menin será presidente do conselho de administração.
O grupo informou que a CNN Brasil será lançada nacionalmente com agências de notícias em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Brasília e correspondentes no exterior. A CNN International e a CNN en Español continuarão disponíveis no país e não fazem parte do licenciamento.
“O Brasil é um país empolgante para continuar a expansão da marca CNN. Este anúncio é parte de uma estratégia global para trabalhar com parceiros que pensam da mesma maneira e que enxergam uma clara oportunidade para produtos e serviços de notícias locais da marca CNN”, afirmou em nota Greg Beitchman, vice-presidente de vendas de conteúdo e parcerias da CNNIC.
“Nosso objetivo é contribuir com a democratização da informação no Brasil. Um país com uma sociedade livre e desenvolvida só é construído com uma imprensa plural”, afirmou Menin.
“Estou deixando um dos maiores e mais importantes grupos de mídia do país com gratidão por tudo o que vivi lá e não poderia estar mais animado sobre esta próxima fase da minha carreira”, disse Tavolaro, que deixa a Record após 17 anos no grupo.
Tavolaro é autor do livro “O Bispo”, biografia autorizada de Edir Macedo, dono da emissora que declarou voto em Jair Bolsonaro durante a campanha e deu a ele espaço em entrevistas.
Antonio Guerreiro, um dos fundadores do Portal R7 e atual superintendente de estratégia multiplataforma da Record, assumirá a vice-presidência de jornalismo.
Fonte: Notícias ao Minuto / Foto: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *