Órgãos federais darão prioridade a estudantes do ProUni e Fies

A contratação de estagiários nos órgãos públicos federais, da administração direta, autárquica e fundacional, vai dar prioridade a estudantes de nível superior contemplados pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Programa de Financiamento Estudantil (Fies). A orientação consta de normativa do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão publicada no ‘Diário Oficial da União’ desta terça-feira (28).

“A realização do estágio não acarretará vínculo empregatício de qualquer natureza e dar-se-á mediante Termo de Compromisso de Estágio celebrado entre o estudante ou com seu representante ou assistente legal, quando for o caso, e o órgão ou entidade, com a interveniência obrigatória da instituição de ensino, no qual deverá constar a identificação do estagiário, do curso e seu nível acadêmico”, diz a normativa em um dos artigos.

O documento informa também que a duração do estágio não poderá exceder a quatro semestres, salvo quando se tratar de estagiário com deficiência, que poderá permanecer no mesmo órgão ou entidade até o término do curso universitário.

A orientação consta de normativa do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão publicada no 'Diário Oficial da União'
A orientação consta de normativa do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão publicada no ‘Diário Oficial da União’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *