Moro dá dois dias para Odebrecht explicar mensagens cifradas que citam ‘Lula’, ‘ECunha’ e ‘dissidentes PF’

6tc2832f0k_4wciekb8hh_fileO juiz Sérgio Moro, responsável por parte do processo da Operação Lava Jato, intimou advogados da Odebrecht a explicar, até quinta-feira (23), mensagens cifradas encontradas por policiais federais em um celular do presidente da empresa, Marcelo Odebrecht, que foi apreendido.

Além de Marcelo Odebrecht, que está preso sob a suspeita de participar do esquema de corrupção que desviou dinheiro da Petrobras, devem prestar esclarecimentos as defesas de Márcio Faria e Rogério Araújo, diretores da empresa.

No despacho, o juiz Sérgio Moro transcreveu dois trechos codificados que foram considerados suspeitos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *