Metade das 14 mil pessoas em situação de rua que vivem em Minas estão em BH

Metade dos moradores em situação de rua em Minas estão em Belo Horizonte. Dados do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) revelam que, dos mais de 14 mil sem-teto no Estado, pelo menos 7 mil vivem na capital mineira.
A prefeitura contesta os dados e afirma que a cidade tem 4.553 pessoas desabrigadas – em julho de 2017, o mesmo número foi informado ao Hoje em Dia. De acordo com o município, a discrepância nas medições acontece porque essa população “é flutuante”.
São pessoas que, em muitas situações, vêm do interior à procura de trabalho e, depois de se envolverem com o crack – droga que é unanimidade entre os relatos ouvidos pela equipe de reportagem – acabam perdendo o controle, indo morar em barracas de madeira e lona ou simplesmente sob as marquises.
Para a supervisora de Projetos da Pastoral de Rua de BH, Claudenice Rodrigues Lopes, o que acontece na metrópole reflete o crescimento da pobreza no país. “Tem gente nova chegando o tempo todo. Às vezes, famílias inteiras, que já viviam na rua em outras cidades”, relata. “São populações errantes, que vão migrando até chegar aqui”, destaca Claudenice.
Ela classifica o cenário como “preocupante” e garante que o trabalho realizado em prol dos desabrigados é importante, mas insuficiente se não vier acompanhado de “políticas estruturantes”, envolvendo trabalho, renda e moradias populares.

Fonte: Hoje em Dia / Foto: Lucas Prates

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *