Macapá: Polícia Federal prende homem suspeito de fraudar redação do Enem

Prova de suspeito e texto com tema da redação foram apreendidos (Foto: Divulgação/Polícia Federal)
Prova de suspeito e texto com tema da redação foram apreendidos (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

A Polícia Federal (PF) informou nesta segunda-feira (7) que um homem de 31 anos foi preso em Macapá no domingo (6) durante as ações da operação “Jogo Limpo”, que investigou e combateu tentativas de fraudes nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O homem, que não foi identificado, foi preso logo depois de deixar o local de prova em uma faculdade no Centro da capital. Após abordagem, ele confessou que sabia o tema da redação antes mesmo de iniciar o 2º dia de provas. Com ele, foi encontrado um texto com o assunto “intolerância religiosa”, aplicado no Enem a quase 6 milhões de candidatos em todo o país.

Ele foi levado para a Superintendência da PF onde pagou fiança. Em depoimento, ele revelou que recebeu o tema da redação de uma amiga horas antes do exame na manhã de domingo. Pela crime, o suspeito vai responder por fraude em certame de interesse público, podendo ser preso por até 4 anos.

A operação, segundo a polícia, chegou até o suspeito após a investigação apurar que o candidato apresentou indícios de fraude com base em respostas das provas feitas por ele em anos anteriores. Os agentes da PF se disfarçaram de aplicadores da prova a fizeram a prisão após o suspeito sair do local.

Operação
Batizada de Jogo Limpo, a operação foi realizada em sete estados: Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba, Tocantins, Amapá e Pará. Também em nota, a PF informou que foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão e que o objetivo foi “reprimir fraudes” ao Enem.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.