Governo quer ampliar número de municípios que recebem venezuelanos

O governo federal quer ampliar o número de municípios brasileiros que recebem migrantes e refugiados venezuelanos. Um protocolo de intenções foi assinado, na tarde de quarta-feira, 02, em cerimônia no Palácio do Planalto.

O propósito do governo é interiorizar a acolhida e criar melhores oportunidades de inserção dos migrantes da Venezuela no Brasil. De acordo com o ministro chefe da Casa Civil, Onix Lorenzoni, a migração dos venezuelanos “é a maior diáspora da América Latina”. A ONU contabiliza que mais de 4 milhões de pessoas saíram da Venezuela desde 2016. Desses, 115 mil solicitaram refúgio no Brasil e outros 90 mil pediram residência temporária.

Municípios que aderirem à campanha de acolhimento definirão o número de pessoas e famílias que poderão receber e até o perfil dos migrantes, conforme vocação econômica das cidades.

Protocolo de intenções foi assinado na quarta com agências da ONU (Foto: Agência Brasil)

Varginha

No dia 20 de julho de 2019, três famílias de venezuelanos foragidos chegaram à Varginha. Fiéis e uma associação da Paróquia do Mártir São Sebastião realizaram uma campanha para ajudar as famílias e conseguiram duas casas, além de alimentos, geladeiras, roupas, TVs. São sete adultos e 4 crianças de 1, 5, 6 e 8 anos.

Doações podem ser levadas na paróquia, que funciona de 8h às 17h (inclusive no horário de almoço).

Reprodução Blog do Madeira

ONU 

O coordenador-residente do Sistema ONU no Brasil, Niky Fabiancic, elogiou a iniciativa do governo de interiorização da operação acolhida: “A resposta brasileira é eficiente porque é abrangente. Envolve o ordenamento da fronteira, o acolhimento e a interiorização. O Brasil provê de maneira eficaz o acesso à documentação, saúde, educação, abrigo, proteção, alimentação e integração social e econômica”, assinalou.

Números

Até agosto, o Brasil contabilizava 14.643 refugiados e migrantes do país vizinho em mais de 250 municípios. Mais de 9 mil deles entraram neste ano no país.

 

Fonte: Portal da Cidade Andradas / Foto: Reprodução Blog do Madeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *