Exposição celebra os 30 Anos da Constituição Mineira

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus (PV), inaugurou nesta terça-feira (17) a exposição temporária 30 Anos da Constituição Mineira, que está aberta à visitação pública no Memorial do Legislativo Mineiro, de forma espontânea ou por meio de agendamento.

“A Assembleia fez questão de elaborar esse espaço com muito carinho para retratar um pouco da história de Minas, da história de uma Constituição que foi um marco importante para o desenvolvimento de Minas e para a consolidação de políticas públicas de saúde, educação e segurança no Estado”, registrou o presidente.

Minas Gerais foi o primeiro Estado a promulgar sua Constituição, após a Constituição Federal de 1988. Segundo Agostinho Patrus, o texto “continua sendo vanguardista e atual, mesmo depois de 30 anos”.

Entre outros pontos, a exposição aborda o contexto político e social da época
Entre outros pontos, a exposição aborda o contexto político e social da época – Foto: Luiz Santana
O presidente da ALMG fez o desenlace da fita inaugural ao lado de deputados e autoridades, como o procurador-geral de Justiça do Estado, Antônio Sérgio Tonet, e o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e ex-deputado Durval Ângelo.

O parlamentar, demais convidados e também diretores da Casa visitaram a mostra, percorrendo o Espaço Parlamentar, onde são exibidos em video wall os perfis dos deputados constituintes, e o Espaço Exposições Temporárias, em que painéis plotados ambientam a exposição.

Conheceram, também, diversas iniciativas preparadas para a interação com o visitante, que em uma delas é provocado a refletir, respondendo: “Se você fosse um deputado ou deputada constituinte, com a missão de elaborar a Constituição Mineira, o que incluiria no texto?”

De forma simbólica, as sugestões ao Parlamento Mineiro podem ser registradas em post-its e colocadas num painel reservado para as respostas.

Outro recurso interativo está em pop cards: cartões postais com a identidade da exposição, além de levados como recordação, podem ser enviados para alguém que o visitante queira convidar para conhecer a mostra. Nesse caso, é só preencher os dados do destinatário, que o Memorial se encarregará do envio.

Funcionamento

O Memorial do Legislativo Mineiro, que abriga a exposição temporária 30 Anos da Constituição Mineira, fica no Edifício Tiradentes (rua Rodrigues Caldas, 79, bairro Santo Agostinho, em Belo Horizonte). O horário de funcionamento é da segunda a sexta, das 9 às 18 horas.

Para agendar visitas guiadas (individuais ou em grupo), é necessário entrar em contato pelo telefone (31) 2108-7674 ou 2108-7348. As visitas podem ser também espontâneas e não guiadas, sem necessidade de agendamento.

Memória é valorizada

A mostra temporária faz parte da programação comemorativa dos 30 anos da Constituição Mineira, promulgada em 21 de setembro de 1989.

No caso da exposição, ela pode ser visitada até março de 2020 e está organizada em quatro módulos, abordando desde o contexto político e social da época, até as heranças deixadas pela atividade constituinte, apresentando, ainda, fatos e conceitos que marcaram o processo de elaboração da Constituição Estadual.

A exposição também dialoga com outros espaços do Memorial, nos quais o visitante encontrará conteúdos variados sobre a história constitucional do Estado, bem como sobre os parlamentares que ajudaram a construí-la.

Entre os fatos históricos destacados, também estão curiosidades, como temas polêmicos e embates que marcaram discussões acaloradas entre deputados constituintes e representantes da sociedade, como as propostas de adoção do parlamentarismo em Minas e de volta dos cassinos e dos jogos de azar, além de debates sobre aborto e distribuição de impostos com os municípios.

Fonte: ALMG / Foto: Luiz Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *