Exportações de cafés brasileiros no mês de maio batem recorde

Dados do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) apontam um novo recorde mensal no volume de exportações do grão no mês de maio. Foram 3,5 milhões de sacas, considerando a soma de café verde, solúvel e torrado & moído, com receita cambial de US$ 416,2 milhões.

O volume exportado representou um crescimento de 103,5% em relação ao mesmo mês do ano passado. A receita cambial, no mesmo comparativo, aumentou 57,6%. Já o preço médio da saca de café em maio, que foi de US$ 118,26/saca, caiu 22,6% em relação a maio do ano passado.

Os embarques do café arábica correspondeu a 80% do volume total das exportações, equivalente a 2,8 milhões de sacas. O café conilon (robusta) teve participação de 10,7%, com o embarque de 376 mil sacas, enquanto que o solúvel representou 9,3% das exportações, com 326 mil sacas exportadas.

Ao comparar as exportações das variedades de maio de 2019 com maio de 2018, os embarques de café conilon cresceram 707,1%, o arábica aumentou 95,5% e o solúvel 35,2%.

“A performance das exportações do café brasileiro segue muito positiva, apresentando ótimos resultados para o mês, para o ano e também no ano-safra, que se encerra no mês de junho.  Estamos batendo recordes históricos nas exportações de café brasileiro, atendendo à demanda dos nossos importadores com muita eficiência, qualidade e sustentabilidade”, afirmou Nelson Carvalhaes, presidente do Cecafé.

Segundo Nelson, o crescimento nas exportações para os principais destinos e nos embarques de cafés diferenciados reforçam ainda mais o crescimento do market share do Brasil e o desempenho na produção de café sustentável do País na cadeia do agronegócio.

Os dados apontam que as exportações de café neste período (janeiro a maio) foram as melhores dos últimos cinco anos, com embarque de 16,9 milhões de sacas, o que representa crescimento de 40% em relação ao mesmo período do ano passado. A receita cambial, neste caso, foi de US$ 2,1 bilhões, com um aumento de 12,7% contra o período de janeiro a maio de 2018.

Ano-safra 2018/2019

Com relação às exportações de café de julho de 2018 a maio de 2019, o Brasil exportou, até agora, 37,9 milhões de sacas no período acumulado, um aumento de 35,9% em relação à mesma base comparativa do ano anterior, quando o País embarcou 27,9 milhões de sacas. Esse resultado apurado até o momento já supera a exportação recorde registrada no ano-safra 2014/2015, quando foram embarcadas 36,6 milhões de sacas.

O relatório completo está disponível no site do Cecafé.

Fonte: Café Point / Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *