ENEM: SAS Plataforma de Educação comenta primeiro dia de prova

Professores analisam assuntos cobrados pelo exame

Neste domingo, 4, o ENEM cobrou dos estudantes conhecimentos de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias, além da Redação. Consultores pedagógicos do SAS analisaram a estrutura da prova e o conteúdo das questões que envolvem Língua Portuguesa, Inglês, Espanhol, História e Geografia.

Marca registrada do ENEM, as perguntas de Linguagens exigiram dos alunos habilidade de interpretação de texto tanto nas questões de Português, quanto de Idiomas.

As questões de Língua Portuguesa trouxeram temas como: variedade linguística, funções da linguagem, gêneros textuais, modernismo, literatura contemporânea, realismo, entre outros. De acordo com Vinícius Beltrão, a estrutura da prova ficou dentro do esperado. “A prova foi previsível, com muitos textos e tipologia variada. Ela percorreu o caminho dos anos anteriores e seguiu uma linha interpretativa”, explica.

Ele afirma, ainda, que as maiores dificuldades da prova vieram de temas inesperados, com questões que os alunos poderiam não ter contato muito profundo, o que prejudica a interpretação de texto.

Tanto as questões de Inglês, quanto as de Espanhol exigiram dos alunos conhecimento de nível fácil e médio, porém Vinícius pontua que o nível de dificuldade sempre varia de acordo com o contato que o aluno teve com a língua estrangeira de sua preferência. “Se o candidato foi uma pessoa que se dedicou mais em ler textos em inglês ou espanhol, de acordo com a escolha feita, sentirá mais facilidade ao resolver as questões”, comenta.

Os principais temas abordados na parte de língua estrangeira da prova foram: atualidades, comportamento, alimentação e o uso da internet, fazendo alusão ao tema da redação. Beltrão acrescenta, ainda, que aqueles que optaram por fazer a prova de Espanhol encontraram maior número de questões focadas em gramática em relação aos alunos que realizaram o teste de Inglês.

História e Geografia

De acordo com Luiz Carlos e Fábio Braz, professores de História e Geografia, respectivamente, as questões das duas disciplinas tiveram ligações entre si. “A interdisciplinaridade é muito presente na prova de humanas, então houve uma ligação entre as disciplinas, como uma questão sobre a Guerra Fria, que envolvia os dois temas” aponta Fábio.

Nas questões de História, foram explorados temas como: História Contemporânea, História Colonial, Patrimônio Histórico, Guerra Fria, entre outros. De acordo com Luiz Carlos, as questões mais difíceis focavam em conceitos muito específicos, indo além da capacidade de interpretação de texto e correlação de fatos históricos.

A prova de Geografia, por sua vez, exigiu conhecimento sobre Geografia Humana, Geografia Física, Geopolítica, Demografia, Refugiados, Migrações, Geografia Urbana, Transição e Crescimento Demográfico. “Essas temáticas não foram recebidas com surpresa, já que o ENEM segue uma linha de raciocínio, focando em temas bem recorrentes do cotidiano dos alunos. Afinal, é uma prova de conhecimento de mundo”, explica Braz.

Algo que chamou a atenção de Braz foi a questão ambiental, que vem sendo cada vez menos citada ao longo dos anos e não teve destaque na prova deste domingo.

Para acessar o gabarito da prova, acesse: https://enem.saseducacao.com.br

Sobre o SAS Plataforma de Educação

O SAS é uma Plataforma de Educação que desenvolve conteúdo, tecnologia e serviços para mais de 700 escolas e 230 mil alunos em todo o Brasil. SAS é uma solução da Arco Educação, uma companhia focada em soluções educacionais para o ensino básico que alia educação de excelência e gestão eficiente.

Fonte: SAS / Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *