Covid-19: Prefeitura de Salvador determina fechamento de praias

O prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou na última quinta-feira (19) novas medidas de prevenção à disseminação do novo coronavírus (Covid-19). A prefeitura determinou o fechamento de seis praias e dos clubes e a redução da frota de ônibus e do número de funcionários em empresas privadas de call center telemarketing. As medidas começam a valer no sábado (21) e têm duração de 15 dias.

“Todas as medidas que estamos tomando desde o último sábado visam prevenir que o vírus se alastre rapidamente na nossa cidade. São medidas necessárias, apesar de duras, mas que visam salvar vidas, reduzindo principalmente a circulação de pessoas nas ruas”, disse o prefeito.

Serão interditadas as praias do Porto da Barra, Farol da Barra, Rio Vermelho, Itapuã, Piatã e Ribeira, as mais movimentadas da cidade. Segundo a prefeitura, o fechamento será sinalizado e haverá fiscalização por parte da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop). “Os kits distribuídos pela prefeitura aos comerciantes que atuam nas praias serão retirados e não haverá cobrança de taxas a esses profissionais enquanto durar a medida, com tempo inicial de 15 dias”, diz nota do governo municipal.

“O objetivo é evitar que cenas como as que vimos esta semana, com praias cheias, mesmo diante das recomendações, se repitam. As pessoas precisam entender que este é um momento de restrição, e não de férias. O momento é de ficar em casa, para que juntos possamos superar essa crise de saúde pública mundial”, afirmou ACM Neto.

O prefeito divulgou também que pretende reduzir a frota de ônibus em até 30%. As empresas de call center e telemarketing, que empregam cerca de 20 mil pessoas em Salvador, vão contar com pelo menos 30% da força de trabalho em trabalho remoto. A medida começa na próxima segunda-feira (23) pelo prazo inicial de 15 dias.

No setor da saúde, todos os atendimentos eletivos na área de odontologia estão suspensos temporariamente, mais uma forma de evitar a proliferação do vírus. Apenas os atendimentos odontológicos de urgência e emergência seguem funcionando normalmente.

A prefeitura informou que irá liberar fraldas para famílias que tenham crianças com microcefalia e também serão distribuídas 143 mil cestas básicas para cada um dos estudantes da rede e das instituições conveniadas.

Fonte: Agência Brasil/Foto: Divulgação 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *