Covid-19: Mais de 9.000 pessoas já foram infectadas em Minas Gerais

Cerca de três meses após o aparecimento do primeiro caso de Covid-19 em Minas Gerais, na cidade de Divinópolis, no Centro-Oeste, o coronavírus já se espalhou por 429 municípios mineiros – mais da metade dos existentes no Estado, que tem 853 cidades. Noventa e oito municípios já registram mortes. 

O aumento no número de cidades com moradores infectados aconteceu principalmente neste mês de maio. Há 14 dias, o número de municípios atingidos pela Covid-19 era 304. Nove dias antes, em 6 de maio, o número era 50% menor, com apenas 202 cidades com diagnósticos da doença. 

Balanço da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), divulgado nesta sexta-feira (29), aponta 9.232 casos de coronavírus em Minas Gerais, sendo que 257 residentes no Estado morreram após serem infectados. São 4.642 casos em acompanhamento e 4.333 pessoas se recuperaram. 

Dos infectados, cerca de 1.500 precisaram ser internados após complicação do quadro de saúde – os demais necessitaram apenas de isolamento domiciliar. Foram realizados 21.327 exames para identificar o coronavírus pela rede pública estadual, e, desse total, 515 ainda estão em análise. 

A cidade com mais casos e mortes é Belo Horizonte, que tem 1.718 infectados e 48 mortos. Em Juiz de Fora, na Zona da Mata, 28 pessoas morreram e 571 foram infectadas. Já em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, foram 16 mortes, e há 734 casos de coronavírus. 

Mortes

Entre as pessoas que morreram no Estado, 193 (75%) tinham mais de 60 anos; 31 mortos tinham entre 50 e 59 anos; 18, entre 40 e 49; oito, entre 30 e 39; seis, entre 20 e 29 anos; e uma, entre 10 e 19 anos. Noventa e oito cidades mineiras já registram mortes, e a taxa de letalidade no Estado é de 2,8%. 


Até o momento foram 9.232 casos confirmados*. Estão em acompanhamento** 4.642 casos e são 4.333 casos recuperados***. Até o momento, foram confirmados 257 óbitos.

*Total de casos confirmados: soma dos casos confirmados, que não evoluíram para óbito e dos óbitos confirmados por COVID-19.

**Casos em acompanhamento: Casos confirmados de COVID-19, que não evoluíram para óbito, cuja condição clínica permanece sendo acompanhada ou aguarda atualização pelos municípios.

***Casos recuperados: casos confirmados de COVID-19 que receberam alta hospitalar e/ou cumpriram isolamento domiciliar de 14 dias sem intercorrências.

Óbitos confirmados: óbitos confirmados para COVID-19.

Dos óbitos notificados (N=1.184): 257 foram confirmados, 185 encontram-se em investigação e 742 foram descartados para covid-19.

Sobre casos suspeitos: Conforme nova definição de caso preconizada pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais – SES, os casos anteriormente definidos como “suspeitos” passam a ser registrados nos sistemas oficiais de notificação como Síndrome Gripal Inespecífica, por não preencherem, em sua integralidade, critério para investigação laboratorial. Esses casos permanecerão sob acompanhamento das vigilâncias epidemiológicas estadual e municipal, mas deixam de ser tratados como casos suspeitos de COVID-19 e passam a ser tratados como síndromes respiratórias de interesse à saúde.

Dados parciais, sujeitos a alterações. Atualizado em 29/05/2020. Fonte: COES MINAS/COVID-19/SES-MG.

Considerando que o Ministério da Saúde classificou todo o país como transmissão comunitária, além da necessidade de qualificar as informações sobre a circulação do Coronavírus em Minas Gerais, a partir de 23/03/2020 o Boletim Informativo Diário COVID-19 publicará o detalhamento apenas dos casos confirmados.

Ressaltamos que a distribuição dos casos suspeitos por município, bem como casos descartados e notificados, serão atualizadas diariamente, através do site www.saude.mg.gov.br/coronavirus – “Painel de Monitoramento de casos”.

Desde o dia 27/03/2020 os casos suspeitos de COVID-19 passaram a ser notificados no E-SUS VE, novo sistema disponibilizado pelo Ministério da Saúde. Considerando o processo de transição e a instabilidade do novo sistema, ainda não é possível extrair um relatório completo, que detalhe o número de casos por municípios. Assim que possível, as informações serão atualizadas.

Fonte: Jornal OTempo/SEGOV Minas/Foto: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *