Chuvas em São Paulo: Mais de 516 desalojados, 142 desabrigados, e quatro mortos; Número pode subir

Ao menos 516 pessoas ficaram desalojadas e 142 estão desabrigadas devido às chuvas que atingiram o estado de São Paulo ontem (10). Segundo o balanço da Defesa Civil estadual divulgado na manhã de hoje (11), os estragos foram maiores no Vale do Ribeira, na região metropolitana da capital paulista, na Baixada Santista e no Alto Tietê.

Em Botucatu, 80 pessoas estão desabrigadas e 27 ficaram desalojadas. De acordo com a prefeitura, 20 casas ficaram de baixo d’água com o transbordamento do Rio Lavapés. A força da enxurrada arrancou sete pontes e danificou outras cinco na cidade. Com a força das chuvas uma cratera se abriu na Rodovia Marechal Rondon, um caminhão que estava no local foi “engolido” pelo tamanho do buraco. O condutor foi encontrado morto. O município decretou situação de emergência, assim como Laranjal Paulista e Taboão da Serra.

Bombeiros acharam os corpos dos ocupantes de um veículo que teria sido arrastado pela enxurrada no distrito de Vitoriana, em Botucatu. As duas pessoas teriam caído com o carro em um córrego, na ponte do Capivarinha. A identidade não foi divulgada.

Outra morte foi registrada na madrugada da última terça-feira, quando um caminhão e um carro caíram em uma cratera que se abriu na Rodovia Leonor Mendes de Barros (SP-333), em Júlio Mesquita (SP). O motorista estava em um carro da concessionária que administra a rodovia e foi encontrado morto.

Em Taboão da Serra, na Grande São Paulo, 32 pessoas ficaram desalojadas. Ao todo, 190 residências foram atingidas pelos alagamentos decorrentes de transbordamento de córregos no município. Além disso, foram registrados três deslizamentos de terra que afetaram outras oito residências.

Também na região metropolitana da capital, Itaquaquecetuba teve quatro bairros inundados e um veículo caiu dentro de um córrego. As chuvas causaram ainda 19 desmoronamentos. Os estragos deixaram 100 desalojados e 28 desabrigados.

Fonte: Agência Brasil/Foto: Reuters 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.