Butantan desenvolve vacina 100% brasileira e pede à Anvisa para iniciar testagem

De acordo com o instituto, a produção da “ButanVac” deverá começar ainda neste ano; prazo para entrega também é em 2021.

Redação CSul/Foto destaque: Divulgação Governo de São Paulo

O Instituto Butatan divulgou a criação de uma fórmula de vacina 100% brasileira contra a covid-19. Segundo o instituto, a produção deverá começar ainda neste ano, na fábrica que hoje faz a vacina contra influenza. Batizada de “ButanVac”, a vacina será entregue no país ainda em 2021. O Butantan pedirá à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para iniciar a testagem.

Em suas redes sociais, o instituto divulgou a novidade dizendo: – “O Butantan anuncia a criação da ButanVac, a 1ª vacina 100% brasileira contra Covid-19. A produção deve começar ainda este ano, na fábrica que hoje faz a vacina contra Influenza. A ButanVac será entregue ao Brasil ainda em 2021. Grande notícia. #Podeconfiar #VacinadoButantan

“ButanVac” é a primeira vacina 100% produzida no Brasil/Foto: Redes Sociais

O pedido de autorização para testes contempla as fases 1 e 2 dos estudos, que analisam a segurança e a capacidade de promover resposta imune. A fase da eficácia, na qual as vacinas podem pedir o uso emergencial ou o registro definitivo, é a terceira fase.

O Governador de São Paulo João Doria (PSDB) convocou uma entrevista coletiva para a manhã desta sexta-feira (26), ao lado do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, para dar uma notícia “da ciência, que nos enche esperança na luta contra a Covid-19”. 

Diferentemente da Coronavac ou da vacina de Oxford, em que os parceiros nacionais podem produzir uma capacidade limitada de doses, na nova vacina o Instituto Butantan é o principal desenvolvedor dentro de um consórcio e poderá produzir a maior parte dos imunizantes.

*Com informações: CNN Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.