Brasileiro toma posse como presidente da Associação Médica Mundial

A comunidade médica no Brasil celebra mais uma conquista que eleva o patamar da saúde brasileira em nível mundial. O diretor da Associação Médica Brasileira (AMB), Miguel Jorge, assumiu a presidência efetiva da Associação Médica Mundial (WMA- World Medical Association). O evento de posse aconteceu na última sexta-feira (25), durante a Assembleia Geral Anual da WMA, realizada em Tbilisi, Geórgia. Miguel Jorge já havia atuado por um ano como presidente eleito antes de assumir o cargo efetivo.

O novo presidente, que possui Livre-Docência em Psiquiatria Clínica e tem longa trajetória no associativismo médico, ocupará o cargo da principal entidade médica do mundo no biênio 2019/2020, representando 10 milhões de médicos pelo mundo.

“Um bom médico precisa ser capaz de se colocar no lugar de seus pacientes, tentando sentir como eles se sentem, a fim de entender melhor suas necessidades e planejar fornecer o que eles mais precisam. Mas não é uma tarefa simples colocar-se no lugar de um paciente e, ao mesmo tempo, evitar se sentir tão desamparado quanto ele possa estar. Nos cuidados médicos, é tão essencial ter empatia quanto poder examinar o paciente de forma objetiva”, pontua o presidente da WMA.

Professor Associado do Departamento de Psiquiatria da Escola Paulista de Medicina (EPM) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) desde 1986, ele já presidiu a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), foi diretor da Associação Mundial de Psiquiatria, diretor de Relações Internacionais da AMB e membro do Painel de Especialistas em Saúde Mental e Abuso de Substâncias da Organização Mundial da Saúde (OMS).

 Fonte e fotos: Assessoria de Imprensa 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *