99 apresenta ferramentas de segurança para foliões aproveitarem o Carnaval sem preocupações

Rastreador de comentários de assédio, botão de compartilhamento e câmeras de monitoramento são algumas das ferramentas disponíveis

Mais um carnaval chegou! Época de muito movimento nas ruas. Tem folião indo fantasiado para o bloquinho, correndo atrás do trio elétrico e desfilando nas escolas de samba. Tem até quem queira fugir da folia e curtir a cidade ou viajar. Para que ninguém fique parado e todos possam viajar tranquilamente, a 99 – aplicativo de transporte urbano que integra a companhia global DiDi Chuxing – reforçou a segurança na plataforma.

Entre os recursos disponíveis para o Carnaval estão o rastreador de comentários contra assédios, um botão de emergência que permite o compartilhamento de rotas com parentes e amigos, além do monitoramento por câmeras.

A mais recente ferramenta disponível no aplicativo é o rastreador de comentários contra assédio — ferramenta desenvolvida especialmente para a segurança das mulheres. Caso usuárias se sintam incomodadas durante a corrida, elas podem denunciar na caixa de comentários que aparece após o fim da viagem. A tecnologia consegue identificar automaticamente palavras e contextos relacionados a assédios. Daí em diante, uma equipe especializada faz uma segunda checagem para avaliar os detalhes e tomar as providências — que podem incluir bloqueio e suporte para investigação da polícia.

Passageiros (a) podem compartilhar a rota, enviando informações sobre o trajeto para que parentes e amigos acompanhem a localização em tempo real. Essa funcionalidade está integrada ao botão de segurança do app, um pacote de proteção para que usuários possam facilmente também chamar a polícia e adicionar contatos de confiança.

A 99 iniciou a implantação de câmeras de segurança nos veículos e conectadas diretamente com a central de monitoramento da companhia. Antes de embarcar, o passageiro será avisado que o seu carro possui essa ferramenta. Os dispositivos possuem lentes com visão noturna e “olho de peixe” (ou seja, um ângulo mais amplo para captação abrangente do que acontece no carro). O objetivo é que a funcionalidade, que está período de expansão, previna eventuais incidentes e possa ser usado para ajudar nas investigações policiais, se necessário.

Além disso, a empresa desenvolveu uma série de medidas para proteger usuários e usuárias do começo ao fim da corrida.

Na hora de ir para a festa, o aplicativo sugere um “ponto de encontro fácil”, área indicada para o passageiro embarcar com segurança. Os usuários também podem combinar detalhes pelo chat ou telefone — nesse caso, o número é sempre mantido em confidencialidade.

Antes de entrar no carro o folião deve verificar a placa e a foto do motorista e só embarcar se as informações coincidirem. O app analisa o histórico público dos condutores através de documentos e fotos, mas os passageiros são convidados a confirmar essas informações no começo e no fim da corrida, como medida extra de proteção.

Todas as viagens são registradas por GPS e o perfil das chamadas é monitorado por inteligência artificial. O algoritmo pode identificar situações de risco, bloqueando o acesso à plataforma. Assim, o sistema pode prever incidentes antes que eles aconteçam.

Além disso, o folião pode a qualquer momento entrar em contato com o canal de atendimento exclusivo para segurança no 0800-888-8999. A assistência oferece auxílio imediato — em caso de assédio a uma mulher, o atendimento é exclusivamente feminino.

Para que todas as viagens realizadas estejam seguras, a 99 possui uma equipe especialmente dedicada composta por mais de 100 pessoas, incluindo ex-militares, engenheiros de dados e psicólogos. O time trabalha 24 horas por dia, sete dias por semana, cuidando exclusivamente da proteção dos usuários.

Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de tecnologia que conecta passageiros e motoristas através de seu aplicativo, faz parte da companhia global Didi Chuxing (“DiDi”). O aplicativo conecta mais de 600 mil motoristas a 18 milhões de passageiros em mais de 1 mil cidades no Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece três tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o Brasil; e 99Top, serviço premium de táxis de luxo oferecido em São Paulo.

Sobre Didi Chuxing (“DiDi”)

Didi Chuxing (“DiDi”), dona da 99 no Brasil, é a plataforma de transporte móvel líder mundial. A empresa oferece uma gama completa de opções de transporte baseadas em aplicativos para 550 milhões de usuários, incluindo Táxi, Expresso, Premier, Luxe, Engate, Ônibus, Microônibus, Designated Driving, Enterprise Solutions, Bike, E-Bike e carros compartilhados e entrega de alimentos. Os passeios diários chegaram a 30 milhões, permitindo que mais de 30 milhões de motoristas na plataforma DiDi encontrem oportunidades flexíveis de trabalho e renda.

A DiDi está comprometida em colaborar com as cidades, a indústria de táxis e as comunidades para resolver os desafios mundiais de transporte, meio ambiente e emprego, com inovações inteligentes em transporte. A empresa está trabalhando com uma crescente aliança de players da indústria automobilística para construir uma plataforma de auto-solução e operação.

Globalmente, DiDi está em uma rede de parceria com a Grab, Lyft, Ola, Uber, 99, Taxify e Careem, alcançando mais de 80% da população mundial e cobrindo mais de 1.000 cidades. Em 2018, a DiDi lançou seus serviços de mobilidade com marca própria no México e na Austrália e uma joint venture com o Soft Bank Corp. para oferecer serviço de táxi compartilhado no Japão. Ao melhorar continuamente a experiência do usuário e criar valor social, a DiDi se esforça para construir um ecossistema de transporte aberto, eficiente e sustentável.

Para mais informações, visite www.didiglobal.com

Assessoria de Comunicação – 99 / Foto: Divulgação/99

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *