Quinta da Boa Música especial de Carnaval traz Sambalanço, Viúvas Virgens e Bateria Nota 10

A Quinta da Boa Música (QBM) desta semana (23/2), a partir das 19h30, vai receber o grupo Sambalanço, que fará 41 anos. O grupo vai relembrar músicas tradicionais de carnaval como, sambas e marchinhas. Na abertura haverá desfile com o Bloco Viúvas Virgens e a Bateria Nota 10. A QBM é realizada na Plataforma de embarque da Estação Ferroviária de Varginha.

As bandas interessadas em participar do projeto deverão solicitar, pessoalmente ou por e-mail, o cadastramento no Sistema Municipal de Cultura, de segunda a sexta, no horário comercial na sede administrativa da Fundação Cultural na antiga Estação Ferroviária de Varginha. A fundação fica à Praça Matheus Tavares, 121 no Centro. Para informações ligue (35)3690-2700.

O Grupo Sambalanço foi criado em 1976 pelo conhecido músico varginhense Dinho Batistão. A primeira apresentação do grupo foi no dia 19 de janeiro de 70, no restaurante Tigrão, super frequentado pela sociedade da época e primeira casa a apresentar música ao vivo em Varginha. Com 30 dias de atividade, a banda já recebia convites para se apresentar nos clubes tradicionais. O Grupo nunca interrompeu suas atividades e este ano completa 41 anos.

O repertório sempre girou em torno do samba, bossa nova, chorinho, frevo, forró nordestino e MPB. Os grupos musicais que ainda não eram chamados de “Bandas”, tinham seus repertórios pautados na música pop internacional. Por ser o único grupo no gênero à época, o Sambalanço realizou apresentações nas principais capitais e estados como Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Brasília, Goiás, Espírito Santo, Curitiba, Florianópolis, Rio Grande do Sul e em centenas de cidades do interior Mineiro. Também participou em diversos shows com artistas da época como Nelson Gonçalves, Dercy Gonçalves, Emilio Santiago, Golden Boys, Demônios da Garoa, Francisco Petrônio e outros.

Um dos momentos marcantes do grupo foi a participação especial no lançamento do livro “Instrumentos Musicais Brasileiros” um projeto cultural da Rhodia, coordenado por Ricardo Ohtake, apresentando alguns dos instrumentos ao vivo, no lançamento do livro em 88 na Casa da Rhodia, em São Paulo.

“É uma satisfação ter nosso trabalho reconhecido e homenageado no Projeto QBM. Estamos ansiosos para estrear nossa música na plataforma de embarque da Estação e relembrar os grandes momentos dos tradicionais carnavais. Preparamos um repertório bacana e prometemos balançar o fiel público do QBM com muita marchinha, frevo e samba”, disse Dinho.

Vários músicos já passaram pelo Sambalanço e hoje a banda conta com Dinho Batistão (guitarra, teclado e voz), Fatima Bertola (violão e voz), Valtinho Vieira (bateria, percussão e voz) e Marquinho Ferreira (percussão e voz).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *